domingo, abril 27, 2014

Flos curandis

Nova espécie não é de hoje
Comtemporânea ao tempo
São muitas
São Rios
São canais comunicantes
Desconhece quem é

Meio as redes e o milagre
A multiplicação dos peixes
Dá um tempo para tudo
Panacéia
Salvação dos homens
Libertos da necessidade

E a há semente que germina
Verdade da pétala
Flor que cura tudo
Flor da pele

abr, 2014


Nenhum comentário: