terça-feira, janeiro 07, 2014

Somos





Não moro aqui
Eu viajo
Minha nacionalidade é o mundo
Meu sobrenome é humanidade
E sonho com o dia
Quando compreender será tanto
Que o tanto que somos
Se reconhecerá em cada um.

Jan, 2014


Nenhum comentário: