sábado, setembro 28, 2013

Compasso


Me dá teu braço
Vem comigo e vamos embora
Partir é só um passo
Vem comigo e vem agora

Ontem já conhece a estrada
Eu nunca sei onde vou
Amanhã um dia acaba
Te guardo no que sou

set, 2013










Coisas Supimpas




















Amigos são
Pássaros também
e a Primavera? 
Flores!
Abraço, beijo roubado, bons dias
Cheirinho de café
Caminhar lado-a-lado
De braço dado
Conversar
Um coração saudoso
Sangue quente
Alegres reencontros
E tem a música
Ah a música...
As vezes eu sonho te (en)cantar.


setembro, 2103

segunda-feira, setembro 16, 2013

sábado, setembro 07, 2013

Fogo-fátuo

Que fogo é esse 
ardendo no peito?
Guerra ou fim de mundo 
Espreita a vontade de viver?

Dizem por aí 
É o medo
Sem palavras

Indecifrável

Um dia já foi amor.


set, 2013

quarta-feira, setembro 04, 2013

Sem Título

 
O medo não cria nem mata
Cala as dúvidas e perdura a rigidez
Ama as grades

Medo
É antônimo de liberdade.
 

set, 2013