sábado, agosto 17, 2013

sexta-feira, agosto 16, 2013

Minha Lisbon Revisited V


Desculpe-me
Sinceramente o mundo
Se esbarrei em ti
Não foi de propósito

A propósito disso
Me perdi dos motivos
Em Almada

Jul 2013
























quinta-feira, agosto 15, 2013

Minha Lisbon Revisitada IV

Venha cá Fernando
Deixemos a filosofia de lado
E vamos falar das pessoas

Querem tanto conhecer
A si mesmas
Os outros
Os outros lugares
Algures

Quem 
Afinal de contas 
Conhece?


jul, 2013
(Lisboa)



Reflexo do Ouro

Pensar demais
Não criou a beleza da ponte Dom Luiz
Refletida no Douro
Nem o céu emoldurando tudo
Foi a ferrugem

E a perfeição vive a chutar 
Os culhões do mundo.


Ago, 2013
(Porto)



A Margem do Ouro

Partir ou ficar
Compartir ou partilhar

Teus desejos
Revelam.

Agosto, 2013
(Porto)


Minha Lisbon Revisited III


Primaveras e beligerâncias
À sombra do velho caramanchão

Nunca estive aqui tão jovem antes
O céu azul é o mesmo
Outras nuvens cor de camurça
Neste coração maduro
Ainda vive a mesma criança

jul, 2013
(Lisboa)

Minha Lisbon Revisited

Lisboa é boa
Para mim
É a melhor de todas
E nem é isso que importa
Mesmo que lhe queiram derrubar
Lisboa é
Simplesmente
Boa.


Julho,2013
(Lisboa)


Minha Lisbon Revisited II

Eu também não quero nada
Compreender me basta

E agora já sei
Porque me afeiçôo aos asnos:
Quando me puxam:
Empaco

Jul, 2013
(Lisboa)

O Mal das Flores























Preciso urgentemente
Me tornar artista
Tanta beleza
Intoxica

Jul, 2013
(Paris)