quinta-feira, março 24, 2011

Refúgio do Pranto

















Gosto de gostar de te gostar
Aprecio  em ti
O seu mistério
O meu espanto


Mas 
Se o meu desejo nunca será
Nada além do que um canto...

fev, 2011

Nenhum comentário: