terça-feira, setembro 28, 2010

Poema Natural III



Gosto dos desesperos de gérberas
Nascem verdes
Vivem cor de lava
Sobrevivem ao corte
Murcham silenciosas
Deixam sementes

setembo, 2010

segunda-feira, setembro 27, 2010

Bien du Siècle


Não há sofrimento
Nenhuma dor q
O que queima
Está nessas letras

Música antiga
Tantos romances trágicos
Belo é não se repetir

Não busco metades
Minh'alma não deseja
O que falta.

setembro, 2010


sábado, setembro 25, 2010

Obrigado


Foto: Fábio Schuch

Do mar pra nuvem

Da nuvem pro rio
Do rio pro mar


Tudo assim interminável ciclo
Tudo passa
Tudo volta
Tudo, tudo mesmo permanece


setembro, 2010

quarta-feira, setembro 22, 2010

Somniu



Foto: Geraldo Soares

Sonho um vôo sem fim
Sem motivos pro fim
Só mistérios
Intermináveis dúvidas
Negro infinito entre as estrelas

Insistentemente existo
Neste breve momento de perdição
Quando vou
Vôo pra bem longe

E ao partir
Não vou inteiro
Me falta um pedaço

setembro, 2010

sábado, setembro 18, 2010