quinta-feira, outubro 15, 2009

Matemática do Abismo

Um número redondo, desses grandes, olha com desdém um número primo e diz:
-Eu sou grande e par. Sou comemorado.
E respira fundo, alegre e confiante.
O número primo, fitando o próprio reflexo no espelho, responde:
- Eu só me divido por mim mesmo e o que resta é unidade. De certa forma, sou único, mas estou até no canto das cigarras.

outubro 2009

Nenhum comentário: