sábado, agosto 15, 2009

Paux de un


O meu silêncio
É como um passo virtuoso de ballet
É suave...

Não deixa de ser um esforço.

agosto, 2009

2 comentários:

Ariane Rodrigues disse...

eu que não consigo calar, não tive palavras para te deixar...

Geraldo Soares disse...

todo silêncio é poesia...