sexta-feira, março 06, 2009

Lirismo



Sinto uma leve dormência em minh'alma
Como aquele rio morno

Que vem dar (inevitavelmente) no mar...


E ao longo deste litoral me defini:

Sou alguém que prefere (antes)

Ser comparado à natureza
Do que ser natural.

Junho, 1991

Nenhum comentário: