domingo, fevereiro 15, 2009

Transcendência



Descobrir o fundo
Do abismo 
Sem cair.

Até cair 
Sem despedaçar
Juntar os pedaços.

Aprender-se
Libertar-se
Apesar de tudo
Com tudo.

Abismar-se
etéreo e forte
além da  escuridão
nem sempre apenas  luz
Cada vez mais
Pro fundo.

Até que um dia
O abismo e o além
É também superfície.

Permitidos os pássaros
Que levem o abismo
Para o mar...

Nenhum comentário: