sábado, janeiro 17, 2009

Todas as cores do camaleão


Não me queira o mesmo
A todo momento
Não queira de mim
Sempre o mesmo amor...

Eu
Sou mutável
E o meu sentir
Tem pele de camaleão

novembro, 1990

Nenhum comentário: