sexta-feira, janeiro 09, 2009

As duas Orelhas de Van Gogh



A Orelha de Van Gogh I

Certos dias
A profundidade da solidão
Impede ouvir
Algo mais que o desespero

março, 1995
----------------------------------
Orelha de Van Gogh II

E o desespero
É um dragão que não cospe fogo
Ele sussurra girassóis
Em toda orelha sem corpo
Que flutua perdida
Nas reentrâncias d'alma.

abril, 1995

Nenhum comentário: